Quando surgiram os brincos tipo Ear Cuff?

Como tudo na moda o surgimento dos brincos tipo Ear Cuff se deu através de um desfile, foi no ano de 2012, quando a estilista e design francesa Annelise Michelson, cansado dos brincos convencionais, os quais cobriam apenas o lóbulo da orelha, resolveu criar algo revolucionário, o qual iria mudar os padrões do mundo feminino.

Assim, ela criou o Ear Cuff, um brinco que tem como grande diferencial envolver toda a borda da orelha, fazendo com que as pessoas tivessem uma espécie de contorno em suas orelhas, ficando bem legal o efeito, principalmente com o uso de ouro e prata, comum nesses brincos. Uma loja muito famosa no Rio de Janeiro que comercializa eles é a It Stone!

Quer saber mais sobre quando foi o grande lançamento do Ear Cuff e também sobre alguns dos seus principais modelos, então, continue lendo esse texto até o final. Fique com a gente.

Lançamento do Ear Cuff

Depois de criar o seu brinco revolucionário, a designer Annelise resolveu ousar, lançando oficialmente a sua criação em um dos maiores desfiles de moda do mundo, o desfile primavera/verão da Chanel, que é realizado todo ano na França e tem alguns dos grandes lançamentos do mundo.

Por conta desse desfile, o Ear Cuff ganhou o mundo, chegando ao Brasil de forma tímida no começo de 2013 e explodindo de vez em 2014, com uma grande venda desse brinco e também com uma procura que aumenta a cada ano que passa.

O mais legal do Ear Cuff é que ele pode ser utilizado nas mais diversas situações, desde ocasional, para ir até a casa da amiga, até em grandes reuniões de negócios, já que ele possui modelos para todos esses tipos de atos da vida cotidiana.

Um dos modelos mais vendidos do Ear Cuff é Prata com franja, o qual tem um estilo de cair o queixo, já que ele possui uma prata grossa em camada, a qual fica bem legal de ser visto e também de ser utilizado.

Tem mais alguma dúvida sobre os brincos Ear Cuff? Deixe o seu comentário abaixo e participe desse post junto com a gente.

 

 

 

 

Importar um carro da china?

Fazer importações no nosso país é uma tarefa árdua e que exige do investidor, tanto de tempo como dinheiro, muita paciência. Podemos dar o crédito de um governo protecionista a nossa linda história de colônia portuguesa e também dos governos nacionalistas que já passaram por aqui. E mais recente as ideologias esquerdistas que gostam de colocar a culpa ao imperialismo norte americano. Veja o extremo de um caso deste tipo que joga a culpa nos estados unidos em Cuba e na Venezuela. Eles não têm nada e sentem falta até de um mercado de papel higiênico. Mas vamos focar neste texto sobre o mercado brasileiro e como funcionam as importações hoje que teoricamente temos um mercado aberto. Veja tudo de importaçao vindo da china neste site: http://attlantis.com.br/aprenda-como-importar-da-china/

importar-veiculos-e1385103573559A verdade é que realmente podemos praticamente importar qualquer outra coisa já que temos relacionamento com outros países e nossos correios, apesar de terem um monopólio nacional, outras empresas estrangeiras de correio atuam aqui e podem fazer entregas também. Por um lado isso é bom que temos opções em sites como o Alibaba, temos um governo que gosta de pegar uma boa parte dos lucros para ele.

O mercado é extremamente inteligente e se adapta. O problema é que para o consumidor que poderia pagar 400 dólares em um iphone, ele tem que praticamente desembolsar o dobro comprando aqui, sendo que muitas vezes ele nem existe. E se for fazer uma importação, esse custo pode chegar a 3x dependendo do tipo do produto. Eletrônico realmente é um caso específico, mas praticamente todos os setores tem uma grande taxação. No caso dos carros, se você compra imposto, normalmente pode vir um pouco de carro neste valor…rs

Elaborando um curso

A profissão de professor exige muitas coisas do ser humano e posso dizer isso pois já atuo no ramo da educação a pelo menos 10 anos e é incrível como conseguimos melhorar e aprender a cada dia mesmo sendo professor. É necessário nesse nicho, independente da área que você atua, saber muito bem como ensinar e para isso você precisa aprender a ensinar, e se você ainda é um estudante você precisa primeiro aprender a aprender. Parece confuso, mas é um caminho muito obvio na minha cabeça hoje, vamos a um breve resumo. Parece que quando eu era estudante eu fazia muito as coisas erradas e isso me deixava muito bravo com a situação e por isso decidi melhorar, então como eu cheguei onde eu cheguei? Para isso vou elaborar um raciocínio reverso.

maxresdefault

Para se tornar um bom professor você precisa saber duas coisas, saber o conteúdo de algo especifico e saber ensinar. A primeira qualidade você adquire com outras 2 coisas, o estudo e a prática. Os melhores profissionais que eu conheço possuem tanto o conhecimento de doutores como também a prática dos melhores empreendedores. Por isso, primeira lição, estude e aplique tudo que você estudar. A segunda questão, para você aprender a ensinar você precisa entender como pensar um estudante e isso leva a outras duas questões. Para você conseguir ensinar o aluno precisa saber aprender e você precisa saber passar a informação correta e a forma correta dele estudar. Não adianta nada você possuir um aluno que esta completamente perdido em suas organizações pessoais ou então que você não tenha um planejamento de aula bom também e só saia cuspindo o conteúdo da aula. A primeira questão você resolve com seu aluno dando a ele um curso de produtividade ou então dicas de como ele pode melhorar sua performance.

Agora vamos ao finalmente ponto de como você elabora bem o plano de aulas que você vai dar? Você precisa saber como elaborar um curso e você pode pegar diversos exemplos para se basear, que quiser ter sucesso nesse nicho. O grande exemplo que gosto de usar é o caso do Ingles do Jerry, muito bom no que fez um curso para aprenderem ingles em menos de um ano e que ainda ajuda o aluno depois de quando precisa continuar os estudos mesmo depois do curso acabar e ele é todo online!

Veja mais em: http://inglespraja.com/ingles-do-jerry-funciona/

 

 

A conquista ideal é online

Para quem não sabe, o mundo esta entrando em uma era pós digital e provavelmente você esta atrasado. A era digital já faz parte do passado e agora todas as inovações que estão assustando o mundo na década de 90 e no inicio dos anos 2000 agora já fazem parte da realidade e toda a geração de pessoas que estão nascendo já possuem a tecnologia como parte do cotidiano e isto não é novidade para ninguém. Agora, assim como tudo, a sedução não é um assunto diferente e esta mais do que 100% comprado que ela tem acontecido cada vez mais On-line!

downloadVocê acha mesmo que conseguir conquistar uma mulher online é difícil ou então irreal em comparação com os outros meios de comunicação de sedução já existentes. Não é porque um meio como uma rede social é nova e tem menos de poucos anos que ela é ineficiente ou então pior que a vida real para conseguir conquistar uma mulher. E por isso que eu sempre digo que não podemos fechar portas ou então deixar de experimentar coisas novas. E foi com essa mentalidade que eu descobri o mundo da sedução e isto, apesar de ser bem underground, não esta tão distante assim como muitos pensam e eu não precisei ir até a deep web para descobrir algum coach que me ensinasse tudo sobre como pegar mulheres online.

Eu acabei conhecendo o Elias, coach da sedução e criador d o Jogo do Texto, curso de sedução focado em mensagens de texto para aplicativos como Tinder e o Happn que ajudam os homens mais tímidos a falar melhor com as mulheres de forma online e fácil, sem complicações. E o curso já tem ajudado centenas de pessoas e homens que sempre sofreram com o problema que é a timidez. Como é possível eu apenas descobri comprando o curso e por isso recomendo fortemente que quem precisa ou pelo menos quer melhorar muito suas habilidades de conquistar garotas de uma olhada no curso Jogo do Texto, ele pode mudar sua vida como você nunca pensou antes.

O que o Renato fez por mim

Eu conheci diversos Renatos em minha, começando por um grande amigo de infância quando eu tinha cerca de 8 anos, o Renatinho, ele me mostrou o jogo Pokemon e depois disso nunca mais esqueci esse Renato. Depois veio o Renato que mais alegrou minha vida, quem já viu os trapalhões sabe exatamente o que eu estou falando, o Renato Aragão, o líder dos trapalhões era considerado por mim a pessoa mais divertida de todos os tempos. Mas ai pensando eu que ja tinham acabado os Renatos em minha vida, chega o Renato Alves, mestre de educação e coach de artistas quando o quesito é memorização.

Saiba você que vida de artista não é nada fácil como parece, nao é só sair por ai falando as falas e der errado grava outra vez. De fato isso acontece, porem um bom artista é aquele que nao esquece suas falar e que leva seu trabalho a sério. Em uma novela um artista que tenha um papel importante pode chegar a 15 mil palavras por semana para decorar. E pense também que todo dia é um pouco então a memorização e o processo de aprendizado de novas falas tem que ser constante e continua. Todos dias novas falas e novos desafios para você decorar e ainda interpretar, lembrando também que precisa ler a fala dos outros para saber quando falar a sua. Digo isso pois eu tinha uma namorada que era artista e ela resolveu esse problema de memorização, mas nunca tinha me interessado exatamente em como pois nunca precisei, pois sou advogado e posso consultar as leis a qualquer hora que quiser, apenas preciso de internet.

_MG_0622Mas ai um dia a necessidade sempre bate a sua porte e isso aconteceu comigo também. Como todos sabem o Código do processo civil é atualizado com certa frequência e eu não vou para faculdade desde que me formei, pelo menos 15 anos atrás. O novo CPC dessa vez veio com tudo, como uma onde de tsunami e eu nem me preocupei em decorar ou saber quais foram as mudanças. Mas ai apareceu uma vaga de emprego que conhecimentos de diferentes comentários do novo cpc se tornou fundamental e eu tinha apenas uma semana para conseguir memorizar tudo, foi ai que pedi ajuda dela, da minha namorada. Ai entrou o ultimo Renato da minha vida, o Renato Alves, aquele que me ajudou a memorizar o código de processo civil comentado.

Voce quer mesmo um estado com muitos concursos?

Consegui, finalmente passei em um concurso que pode me dar estabilidade para toda a vida. Passei anos estudando e sei da dificuldade que um concurseiro passa desde que decide… o risco de nunca conseguir passar ja é muita pressão para a cabeça de qualquer um, por mais preparado que você esteja a prova é sempre um mistério e a correção ainda pior. Alem desse problemas contamos com uma competição que nem sempre sabemos ser totalmente justa, mas tudo isso são obstáculos que alguma hora vamos conseguir passar. Mas o verdadeiro problemas chegou… como conseguir superar o obstáculo de os concursos públicos simplesmente sumirem ou então diminuírem tanto pelo corte supremo de vagas federais, estatais e municipais.

concurso-publico-022O Estado esta com uma crise de orçamento brutal e nao consegue de jeito nenhum resolver o problema sem cortar de alguns lados. Voltamos a questão, se todo mundo quiser virar funcionário publico, isso significa um estado 100% presente. Isso seria bom? A verdade é nossa mentalidade é contraria com a de um estado mínimo, obviamente se queremos um estado que gaste pouco e cobre menos imposto, como sustentar a maioria das pessoas que querem virar funcionaria publica? Saiba aqui como passar em concursos

Se um dia te perguntarem o que é melhor para a vida, a estabilidade de um funcionário publico ou então a vida de um empreendedor arriscada? Pense bem antes de escolher o que parece ser mais fácil. A prova que fazemos apenas faz parecer que nossas vagas sao difíceis… isso é ilusório ja que o resto da vida é relativamente tranquilo. Digo relativamente pois existe uma minoria de funcionários públicos que realmente trabalham, e posso incluir boa parte do judiciário nessa parte, ele seguem bem as leis. Mas enfim… quando mais burocracia criamos, mais vagas para o tao sonhado concurso publico…. e será que isso é bom?

Vale a pena comprar o curso do Marcelo Vieira?

Aqui no dodge lifts nos costumamos falar bastante de carros e de diversos assuntos relacionados a veículos automotores em geral,  e hoje vamos falar de um assunto um pouquinho diferente. Ultimamente tem se falado muito sobre  curso de investimentos do Marcelo Vieira, que se propões a iniciar um completo iniciante a investir na bolsa de valores, desde o iniciozinho até a fase mais avançada. Como é de se esperar, muitas pessoas se mostraram des confiadas com esse curso inicialmente, entretanto, como ele vem ganhando cada vez mais popularidade, eu decidi pesquisar um pouco mais sobre ele para ver se o curso vale a pena mesmo ou não.

Não posso deixar de avisar que, caso você ainda não tenha pensado nisso, sim, o curso custa dinheiro, mas nada do que é de qualidade vem de graça então, você não deveria se preocupar muito com isso. Mas vamos as minhas conclusões com a pesquisa que eu fiz. O melhor lugar para se informar sobre o curso que eu achei foi o http://magodomercado.com/o-investidor-de-sucesso-funciona-ou-e-fraude/, achei que este artigo consegue sintetizar bem as vantagens e as desvantagens do curso e, baseado nas pesquisas que eu fiz, essas características parecem bem realistas.

Marcelo Vieira

Resumindo os pontos do curso, acho que uma das grandes vantagens é que de fato o curso consegue atender, com razoável satisfação, a proposta de ser um bom guia para alguém que não saiba absolutamente nada sobre investimentos ainda. Há um esquema bem estruturado, passo a passo, visando fazer com que mesmo assuntos mais complexos sejam entendidos rapidamente por quem ainda não esta muito familiarizado. Outra questão interessante é que o curso não apenas diz o que fazer, mas faz o leitor passar a entender realmente sobre investimentos, de modo que terá capacidade de tomar suas próprias decisões, caso seja necessário. Uma coisa que eu notei que algumas pessoas reclamaram foi o preço, em torno de 300 reais, mas eu pessoalmente não considero um preço tão alto assim para quem quer aprender a investir.