Elaborando um curso

A profissão de professor exige muitas coisas do ser humano e posso dizer isso pois já atuo no ramo da educação a pelo menos 10 anos e é incrível como conseguimos melhorar e aprender a cada dia mesmo sendo professor. É necessário nesse nicho, independente da área que você atua, saber muito bem como ensinar e para isso você precisa aprender a ensinar, e se você ainda é um estudante você precisa primeiro aprender a aprender. Parece confuso, mas é um caminho muito obvio na minha cabeça hoje, vamos a um breve resumo. Parece que quando eu era estudante eu fazia muito as coisas erradas e isso me deixava muito bravo com a situação e por isso decidi melhorar, então como eu cheguei onde eu cheguei? Para isso vou elaborar um raciocínio reverso.

maxresdefault

Para se tornar um bom professor você precisa saber duas coisas, saber o conteúdo de algo especifico e saber ensinar. A primeira qualidade você adquire com outras 2 coisas, o estudo e a prática. Os melhores profissionais que eu conheço possuem tanto o conhecimento de doutores como também a prática dos melhores empreendedores. Por isso, primeira lição, estude e aplique tudo que você estudar. A segunda questão, para você aprender a ensinar você precisa entender como pensar um estudante e isso leva a outras duas questões. Para você conseguir ensinar o aluno precisa saber aprender e você precisa saber passar a informação correta e a forma correta dele estudar. Não adianta nada você possuir um aluno que esta completamente perdido em suas organizações pessoais ou então que você não tenha um planejamento de aula bom também e só saia cuspindo o conteúdo da aula. A primeira questão você resolve com seu aluno dando a ele um curso de produtividade ou então dicas de como ele pode melhorar sua performance.

Agora vamos ao finalmente ponto de como você elabora bem o plano de aulas que você vai dar? Você precisa saber como elaborar um curso e você pode pegar diversos exemplos para se basear, que quiser ter sucesso nesse nicho. O grande exemplo que gosto de usar é o caso do Ingles do Jerry, muito bom no que fez um curso para aprenderem ingles em menos de um ano e que ainda ajuda o aluno depois de quando precisa continuar os estudos mesmo depois do curso acabar e ele é todo online!

Veja mais em: http://inglespraja.com/ingles-do-jerry-funciona/

 

 

Eu, jose, dinheiro e futebol

Jose era meu melhor amigo desde a infância, quando nos conhecemos indo para o maracanã e acabamos descobrindo que estudávamos no mesmo colégio, porem em turmas diferentes. Desde os 10 anos de idade já tinha percebido seu espírito empreendedor, apesar de nem saber exatamente o que era o tal espirito empreendedor e o seu conceito propriamente dito. Ele já desde essa época aproveitou que tinha um gravador de CD para conseguir dar o download de musicas e vender na escola para outras pessoas que estavam procurando por elas.

trader-esportivo-funciona

Ele, mesmo sem saber que fazia uma atividade ilegal já desenvolvia formar de trabalhar sozinho. Eu possuía muito poder de venda e ajudei ele com alguns negócios ao longo da vida. Sempre soube que ele me ajudaria e me tiraria da vida de rotina no meu emprego chato que eu estava destinado a possuir.

 

Mesmo demorando, e tanto eu como ele estávamos prestando concursos para vagas de funcionários públicos e trabalhando em empregos medíocres, continuávamos tentando diversas ideias para empreender, mas todas com problemas… e muitas vezes problemas Brasil, um pais que atrapalha o empreendedorismo, mesmo sua população sendo verdadeiramente empreendedora de sangue.

 

Até que Jose me apresentou o curso de trader esportivo que mostrou como ganhar dinheiro com futebol. Como já contei, conheci o próprio Jose em um estádio de futebol, então nada mais justo que terminasse a historia comigo e ele assistindo jogos de futebol e ganhando dinheiro com isso. O curso caiu do céu e proporcionou agente a conseguir ganhar pelo menos 4000 reais nos primeiros 2 meses e aumentando nosso capital para conseguir investir ainda mais. Tudo não passa de algo 100% racional e que quando deixado a razão de lado, ganhamos em cima de quem aposta na emoção. É realmente bom estar livre da rotina agora e ter a dura tarefa de assistir de 5 a 10 jogos por semana.